Cirano Rojabaglia Meneghel

Cirano Rojabaglia Meneghel era irmão de Xuxa Meneghel e também pai da atriz mirim Nikki Meneghel. Cirano morreu em dois mil e quinze, devido a um infarto fulminante.

Biografia 

Cirano é um dos quatro irmãos de Xuxa Meneghel. Além dele, há também Bladimir Meneghel, Mara Meneghel e Solange Meneghel, sendo os pais da família são Luís Floriano Meneghel e Alda Flores da Rocha Meneghel. A família descende de italianos, sendo que o bisavô veio para o Brasil no fim so século XIX.

A família residiu em Santa Rosa, no Rio Grande do Sul por algum tempo, e depois mudaram-se para o Rio de Janeiro. A família sempre foi muito unida, se mantendo juntos até o fim da vida de alguns integrantes, como Cirano que veio a falecer, além do pai e posteriormente da mãe.

No Rio de Janeiro, Xuxa começou a sua carreira de sucesso primeiramente como modelo e depois fazendo alguns trabalhos como atriz, toda a família da artista apoiava a sua carreira, sendo um grande incentivo para ela. Depois de um tempo com trabalhos relacionados a moda, ela foi convidada para apresentar um programa infantil, e encantou com a sua forma diferente de trabalhar, o que a tornaria mais tarde a ”rainha dos baixinhos”.

Em contrapartida a crescente carreira de sucesso de Xuxa, seus irmãos se manteram no mais próximo possível do anonimato, seguindo carreiras como profissionais do meio comum.

Cirano cursou faculdade de psicologia, sendo que depois dedicou a sua vida a ser empresário. Casou-se com Michele e com ela teve três filhos, sendo ele Pedro, Paloma e Nikki.

Sua filha mais nova, Nikki, decidiu seguir os passos da tia e começou como modelo infantil muito nova, com apenas dez anos iniciou sua carreira de atriz, fazendo alguns trabalhos importantes como participação na novela ”Os dez mandamentos” da Rede Record. Nikki herdou os traços da tia Xuxa, e impressiona pela semelhança que tem com ela em sua juventude. Ela teve o apoio do pai e família para conseguir seguir a tão sonhada carreira.

Cirano Meneghel sofria de problemas cardíacos, sendo que teve seu primeiro infarto em dois mil e onze, que foi seguido por uma trombose, recuperou-se desse primeiro susto sob os cuidados dos médicos do hospital Copa D’OR, do Rio de Janeiro.

No dia treze de setembro de dois mil e quinze, ele sofreu outro infarto, e infelizmente não resistiu, vindo a óbito. Seu velório ocorreu no dia seguinte, um domingo, no Cemitério Jardim da Saudade, no Rio de Janeiro.

Estavam presentes para homenageá-lo diversos familiares e amigos da família, que mostravam-se visivelmente abalados com a perda de um membro tão querido da família. Apesar do momento difícil, a família se manteve unida para juntos superarem tal perda.

A mãe de Cirano, Alda, estava com problemas de saúde a época, e os familiares decidiram esconder dela a morte do filho. Ela veio a falecer em dois mil e dezoito, e até então não sabia da morte de Cirano. O pai, Luís, faleceu um pouco antes, em dois mil e dezessete, porém ele esteve presente no velório do filho.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Apresentadores

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *