Ke$ha

Nascida sob o nome de Kesha Rose Sebert em Los Angeles no dia 1° de março de 1987, a cantora Ke$ha é uma das cantoras e compositoras pop de mais polêmicas da atualidade. O sucesso começou a sorrir para a norte-americana quando em 2009 ela participou da música “Right Round” do rapper Flo Rida.

A Estreia de Ke$ha

Foi em janeiro de 2010 que o álbum “Animal” – trabalho de estreia – chegou ao mercado e se tornou líder de vendas em países como Estados Unidos e Canadá. Somente na semana de estreia do álbum ele vendeu 152 mil cópias. Foram ao todo quatro singles retirados desse álbum sendo que o primeiro deles foi “Tik Tok” que até hoje é uma das músicas mais conhecidas de Ke$ha.

Para se ter uma ideia do tamanho do sucesso dessa canção ela foi líder em 11 países além de certificação de platina em países como Nova Zelândia, Alemanha, Canadá e Austrália. Depois desse single a cantora ainda trabalhou as músicas: “Blah Blah Blah”, “Your Love Is My Drug” e “Take It Off”.

Essas canções também foram muito bem recebendo suas certificações de ouro e platina em países como Estados Unidos, Nova Zelândia e Austrália. As músicas ficaram entre as dez mais ouvidas em diversos países. Com certeza a cantora já chegou causando grande impacto no mercado musical.

Cannibal

No mês de novembro de 2010 a cantora Ke$ha lançou o seu primeiro EP que recebeu o nome de “Cannibal”. Esse EP ficou entre os 20 mais vendidos em países como Estados Unidos e Canadá. Desse trabalho o primeiro single foi “We R Who We R” que já estreou sendo o número um nos Estados Unidos. Em seguida foi a vez do lançamento da canção “Blow” que não fez o mesmo sucesso da canção anterior, mas também ficou bem colocada.

Warrior

Em dezembro de 2012 a cantora lançou o seu segundo álbum de estúdio chamado “Warrior” cujo primeiro single foi a música “Die Young” que gerou grande polêmica. A música fala sobre viver de maneira inconsequente podendo então morrer jovem. Em muitos países não repercutiu bem a música, no entanto, os fãs de Ke$ha contribuíram para que a canção ficasse bem posicionada nas listas das mais pedidas. O segundo single desse álbum a ser trabalhado foi “C’mon” muito bem recebido.

A Inspiração de Ke$ha

A cantora tem como principais influências artistas que se destacaram nos anos 1980 como Madonna e Beck. Quando chegou ao mercado musical a cantora fazia um som ao estilo pop rock, contudo, com o passar do tempo a sua música começou a ter um estilo mais eletrônico. Já faz algum tempo que a artista trabalha mais num sentido de produzir música eletrônica.

A Vida de Ke$ha

A cantora nasceu em Los Angeles, porém, morou na cidade de Nashville, no Tennessee até completar 18 anos. Após a maioridade ela retornou a cidade natal onde mora hoje em dia. A mãe de Ke$ha é a cantora de punk rock Pebe Sebert que teve alguma projeção na década de 1980. A artista ainda tem dois irmãos sendo o mais velho Lagan Sebert e o mais novo Louis Sebert. A mãe de Ke$ha se mudou com os filhos para Nashville em 1991.

A Carreira de Ke$ha

Período de 2005 a 2009

Quando tinha somente 18 anos a artista assinou um contrato com a Luke’s que é uma gravadora e companhia de publicidade que atua no segmento de música. A gravadora estava trabalhando no álbum de Paris Hilton e ofereceu para Ke$ha fazer vocais no fundo da música “Nothing In This World”, single de Hilton.

No ano de 2006 a cantora assinou um contrato com outra empresa chamada DAS Communications Inc onde trabalhou com muitos compositores. Nessa fase Ke$ha trabalhou nos singles de muitos artistas como numa canção de The Veronicas, “This Love”. Uma curiosidade é que nessa fase a artista chegou até mesmo a aparecer no clipe da canção “I Kissed a Girl” de Katy Perry.

The Simple Life

Outra coisa bem curiosa que poucos sabem é que foi a família de Ke$ha que é do Tennessee que hospedou Paris Hilton e Nicole Richie para a gravação da terceira temporada do reality show “The Simple Life”.

Período de 2010 a 2011

O primeiro álbum da cantora foi lançado em janeiro de 2010 e uma das definições mais interessantes do trabalho foi dada pela revista Rolling Stone que disse que o álbum é “repugnante, nojento e ridiculamente cativante”. A artista trabalhou com vários nomes importantes como Max Martin e Dr. Luke.

O que é interessante nesse álbum de estreia de Ke$ha é que ele fala sobre todos os anos em que ela ficou trabalhando para outros artistas para que pudesse finalmente lançar o seu álbum. Foram ao todo seis anos de trabalho para poder então lançar o seu álbum com as suas músicas. Podemos observar que as suas canções refletem todo o trabalho e dificuldades dessa fase.

Estilo de Animal

O álbum conta com canções de um estilo mais pop dançante e com algumas batidas eletrônicas. Com uma sonoridade muito própria o álbum de Ke$ha conseguiu cativar o público de maneira que em sua primeira semana de vendas vendeu mais de 152 mil cópias. No mundo todo o álbum vendeu mais de 2 milhões de cópias.

Coletânea

No ano de 2010 Ke$ha lançou uma coletânea que recebeu o nome de Animal + Cannibal e que era uma combinação do seu primeiro álbum e do seu primeiro EP. Nesse momento a cantora já contava com vários fãs e muitas músicas na lista das mais tocadas em vários países do mundo.

Abertura

Para conseguir dar mais destaque para o seu álbum de estreia a cantora fez a abertura de alguns shows da turnê Last Girl on Earth Tour da cantora Rihanna.

Ke$ha

Uma cantora diferente das demais, pois não dá tanta importância a sua aparência física e sim ao seu trabalho. Além disso, trata-se de uma artista que gosta de se envolver em polêmicas especialmente com canções que gritam ao mundo como é bom viver da maneira que se deseja sem se importar com o amanhã.

Kesha Rose Sebert , mais conhecida como Ke$ha, começou a sua carreira de cantora no ano de 2005 como backing vocal, e somente em 2009 fechou um contrato com a RCA Records. A moça nasceu em 1º de março de 1987 em Los Angeles, Califórnia. Apesar de ter nascido em Los Angeles, Ke$ha viveu até os 18 anos na cidade de Nashiville, no Tenessee. A mãe de Ke$ha é uma cantora de punk rock dos anos 70 chamada Pebe Sebert, talvez venha daí a veia musical.

Quem diria que a cantora já fez até mesmo backing para Paris Hilton no single “Nothing In This World”? Essa foi a primeira grande chance de Ke$ha, mas o que muitos não sabem é que além de cantora a moça também é compositora e já teve grandes sucessos como “This Love” de The Veronicas e também fez parte de trilhas de filmes. Além disso, se você reparar com atenção no clipe de  “I Kissed a Girl” da cantora Katy Perry poderá ver Ke$ha.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Cantoras

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *