Oscar Wilde

Oscar Wilde (1854-1900) poeta, autor e dramaturgo irlândes, escreveu o sombrio e sardônico O Retrato de Dorian Gray (1891).

Estética e Controvérsia

Estudioso do campo da estética, Wilde era ele próprio afetado profundamente pela beleza e vivia de maneira considerada fútil pelos estilos vitorianos típicos da sua época. Ele era frequentemente publicamente caricaturado e alvo de ultrajes na Europa e América. Seus escritos, como Dorian Gray, continham temas homoeróticos que geravam muita controvérsia, mas ele era parte do crescente movimento de “decadentes” que pregavam o pacifismo, reforma social e libertarianismo.

Oscar Wilde

Enquanto muitos o vilanizavam, ele deixava sua marca com seu estilo inteligente e teve bastante sucesso com várias de suas peças. Wilde era bem considerado por muitas figuras influentes de seu tempo como George Bernard Shaw, Walt Whitman, Henry Wadsworth Longfellow e John Ruskin. Seus trabalhos inspiraram inúmeros outros autores e foram traduzidos para várias línguas, além de ser adaptados para teatro e cinema.

História

Oscar Fingal O’Flahertie Wills Wilde nasceu em Dublin, Irlanda, segundo de três filhos da escritora Jane Francesca Agnes née Elgee e do cirurgião Sir William Robert Wills Wilde. Depois de seus primeiros anos de estudo em sua residência, em 1871 entrou no Colégio da Trindade, em Dublin e então partiu para estudar em Oxford na Inglaterra. Lá conheceu grandes escritores, tornou-se criador de movimentos estéticos e recebeu prêmios por suas poesias.

Vida

Após os estudos, Wilde permaneceu em Londres e continuou a escrever poesia, sua primeira coleção intitulada “Poems” foi publicada em 1881. Nesse mesmo ano ele partiu para uma longa viagem pela América e Canadá para dar palestras sobre estética.

Ele retornou à Europa em 1883 e enquanto não estava ensinando viveu em Paris, França. Em 1884 casou-se com Constance Mary Lloyd com quem teve dois filhos: Cyril, que faleceria na Primeira Guerra Mundial e Vyvyan, que se tornaria autora e escreveria as memórias “Son of Oscar Wilde” (1954) e “Oscar Wilde: A Pictorial Biography” (1960). Os Wildes viveram em Chelsea, Londres, onde Oscar continuou a escrever e trabalhar para revistas.

Julgamento e Prisão

Wilde posteriormente foi acusado e julgado por indecência e atos homosexuais. O resultado do julgamento transformado em sensação foi uma sentença de dois anos de trabalhos pesados que Wilde cumpriu na “Reading Gaol” perto de Londres. Depois da prisão de Wilde, Constance mudou seu sobrenome e de seus filhos para Holland. Enquanto prisioneiro, Oscar Wilde escreveu vários artigos, poemas e cartas incluindo a famosa “De Profundis”.

Frases

Depois de liberto da prisão em Maio de 1897, escreveu “Ballad of Reading Gaol” (1898) sobre a injustiça da pena de morte e o enforcamento de Charles Thomas Wooldridge.
Adotando o nome Sebastian Melmoth, Wilde retornou a Paris falido e faleceu de meningite em 30 de novembro de 1900. Ele agora repousa no cemitério “Père Lachaise” em Paris.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Escritores

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *