Ronaldo

Nascido em 18 de setembro de 1976, em Itaguaí, no Rio de Janeiro, Ronaldo é um ex-jogador de futebol que fez muito sucesso em times brasileiros e internacionais. Após uma derrota decepcionante na Copa do Mundo de 1998 e uma série de lesões no joelho, ele deu a volta por cima e foi peça fundamental na vitória na Copa do Mundo de 2002. Após altos e baixos na carreira, ele se aposentou em 2011 como um dos grandes nomes do esporte todos os tempos.

Infância de Ronaldo

Ronaldo Luís Nazário de Lima é filho de Nélio Nazário de Lima e Sônia dos Santos Barata, que se separaram quando ele tinha apenas 11 anos de idade. Logo após começar uma carreira profissional no futebol, ele abandonou os estudos.

O Fenômeno entrou para a equipe de futebol de salão Social Ramos quando tinha 12 anos. Depois disso, ele foi jogar no time São Cristóvão, onde foi descoberto por seus futuros empresários, Reinaldo Pitta e Alexandre Martins. Os dois negociaram a venda de seu novo cliente para o Cruzeiro.

Carreira Profissional no Futebol

No Cruzeiro, Ronaldo mostrou ao Brasil seu incrível talento, ajudando o clube a conquistar a sua primeira Copa do Brasil em 1993. Seu desempenho chamou a atenção da comissão técnica da Seleção Brasileira e ele, com apenas 17 anos de idade, foi escalado para jogar na Copa do Mundo dos Estados Unidos, em 1994. Entretanto, ele não chegou a entrar em campo e acabou assistindo a vitória do banco.

No mesmo ano, ele foi vendido para o time PSV Eindhoven, da Holanda, e lá teve uma média de quase um gol por jogo em competições europeias. Após dois anos no time, ele foi vendido para o Barcelona e, em seguida, foi para a Inter de Milão, onde ficou durante um período de quatro anos. Nesta época, ele ganhou duas vezes o prêmio da FIFA de melhor jogador do ano e foi parte fundamental para a vitória do seu time em campeonatos muito importantes.

Durante seu auge, Ronaldo contava com uma combinação imbatível de velocidade e talento, o que fazia com que as defesas dos times rivais não conseguissem contê-lo. Seu lado negativo era a aversão aos treinos, uma atitude que quase chegou a prejudicá-lo. Já que talento é sim extremamente importante, mas sem treino não existem milagres.

Devido seu histórico de vitórias, esperava-se muito de Ronaldo na Copa do Mundo de 1998, na França. Mas, se por um lado ele foi eleito o melhor jogador da Copa e ganhou o cobiçado prêmio Bola de Ouro, por outro lado a Seleção Brasileira foi derrotada na final contra a seleção francesa.

Ronaldo sofreu um ataque convulsivo antes da final e isso prejudicou seu desempenho. Após este episódio, outro problema surgiu quando o jogador rompeu um tendão do joelho em novembro de 1999. Esta lesão o deixou fora dos campos por quase dois anos.

Ronaldo fez um retorno triunfal em tempo para jogar na Copa do Mundo da Coréia do Sul e Japão, em 2002, marcando oito gols e se tornando o artilheiro da Copa, sem contar na vitória na competição, que tornou o Brasil pentacampeão.

O jogador foi vendido para o Real Madrid, ganhou, mais um vez, o prêmio de melhor jogador da FIFA e levou o seu novo clube para a vitória no campeonato da liga espanhola de futebol em 2003.

Na Copa do Mundo de 2006, apesar de o Brasil ter sido derrotado nas quartas de final pela França, Ronaldo conseguiu completar a incrível marca de 15 gols na carreira em jogo da Copa do Mundo.

Em 2007, ele foi para o Milan, mas, em 2008, sofreu outra grave lesão no joelho e seu contrato não foi renovado após a temporada. A lenda brasileira retornou ao seu país de origem em 2009 para jogar pelo Corinthians, ajudando o time a ganhar o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil naquele ano. Em fevereiro de 2011 ele anunciou a sua aposentadoria.

Em 7 de junho de 2011, Ronaldo jogou um uma partida de despedida pelo Conrinthians, ele jogou durante 15 minutos e deixou o campo depois de ser ovacionado pelas arquibancadas. Certamente um momento que ficou na história do futebol brasileiro e mundial.

Legado de Ronaldo

Ronaldo é reconhecido como um dos melhores jogadores de futebol da história. Em 2004, ele foi nomeado pela FIFA, juntamente com Pelé, como um dos 100 maiores jogadores vivos e, em 2010, ele foi considerado o Jogador da Década.

Muitas vezes criticado por não treinar duro como uma atleta profissional, Ronaldo estabeleceu uma carreira ativa após a aposentadoria. Ele fundou a 9ine, uma agência de marketing esportivo. Ele também se juntou aos comitês organizadores para a Copa de 2014 com sede no Brasil e para as Olimpíadas de 2016. Tudo isso faz com que ele permaneça uma figura influente no esporte brasileiro e internacional.

Times Pelos Quais Ronaldo Passou

  • 1993 a 1994 – Cruzeiro
  • 1994 a 1996 – PSV
  • 1996 a 1997 – Barcelona
  • 1997 a 2002 – Inter de Milão
  • 2002 a 2007 –  Real Madrid
  • 2007 a 2008 – AC Milan
  • 2009 a 2011 – Corinthians
  • 1994 a 2011 –  Seleção Brasileira

Vitórias em Campeonatos

  • Cruzeiro: Copa do Brasil de 1993
  • PSV: Taça da Holanda de 1996
  • PSV: Dutch Super Cup de     1996
  • Barcelona: Taça de Espanha de 1997
  • Barcelona: Taça dos Clubes Vencedores de Taças de 1997
  • Barcelona: Supercopa da Espanha de 1996
  • Inter de Milão: Taça UEFA de 1998
  • Real Madrid: Taça Intercontinental   de 2002
  • Real Madrid: Campeão Espanhol de 2003 e 2007
  • Real Madrid:  Supercopa da Espanha de 2003
  • Corinthians:    Copa do Brasil de 2009
  • Seleção Brasileira: Copa do Mundo de 1994 e 2002
  • Seleção Brasileira: Copa América de 1997 e 1999
  • Seleção Brasileira: Copa das Confederações de 1997

Prêmios Individuais

  • Melhor Jogador de Futebol do Mundo Pela FIFA:  1996, 1997 e 2002
  • Bola de Ouro da Copa do Mundo da FIFA: 1998
  • Ballon D’or: 1997 e 2002
  • Copa do Mundo da FIFA: Maior número de gols

Ronaldo Luís Nazário de Lima, conhecido apenas como Ronaldo, é um ex-jogador de futebol brasileiro que teve como seu último time o Corinthians. Ronaldo foi um dos maiores artilheiros do mundo no final dos anos 1990 e início dos anos 2000.

Ele ganhou sua primeira Bola de Ouro como o Futebolista Europeu do Ano em 1997, quando tinha apenas 21 anos e ganhou novamente o prêmio em 2002, com 26 anos. Além disso, ele é um dos dois únicos homens que ganharam por três vezes o prêmio da FIFA de Jogador do Ano, juntamente com o francês Zinedine Zidane.

Em 2007, foi nomeado como um dos onze melhores jogadores de futebol de todos os tempos pela France Football e foi incluído na FIFA 100, uma lista dos maiores futebolistas compilados pelo compatriota Pelé.  Em 2010, ele foi eleito o “Jogador da Década” em uma enquete on-line, reunindo 43,63 por cento dos votos.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Esportistas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *