Mãe de Lewis Hamilton

Lewis Hamilton é um dos grandes nomes da fórmula 1 da atualidade, possuindo quatro vezes o título de campeão mundial nos anos de dois mil e oito, dois mil e quatorze, dois mil e quinze e dois mil e dezessete. Nasceu no Reino Unido, no dia sete de janeiro de mil novecentos e oitenta e cinco, filho de Carmen Larbalestier e Anthony Hamilton, possui ainda outros três irmãos, Nicolas Hamilton, Nicola Lockhart e Samantha Lockhart.

Os pais de Lewis Hamilton se separaram quando ainda eram jovens, e ele ficou morando com a mãe até seus doze anos de idade, depois passou a viver com seu pai e sua madrasta, foi quando iniciou sua carreira como corredor, inicialmente no kart. O pai Anthony foi quem lhe deu o apoio necessário no seu inicio de carreira, onde conseguiu se destacar no kart. A vida deles era simples, viviam em um pequeno apartamento onde Lewis dormia na sala.

Seu primeiro contrato para a fórmula 1 foi em dois mil e sete, pela McLaren, conseguindo já no seu primeiro Grande Prêmio o terceiro lugar, mas foi em dois mil e oito que conseguiu seu primeiro titulo, que foi decidido no Grande Prêmio do Brasil, ele foi o primeiro piloto negro a ganhar um prêmio da fórmula 1. Continuou correndo pela equipe até o ano de dois mil e treze, foi quando trocou para a Mercedes, equipe pela qual irá correr até o fim de dois mil e dezoito, sobre isso Hamilton comentou: “Mercedes é minha casa e eu não poderia estar mais feliz por permanecer aqui por mais três anos”, isso quando seu contrato foi estendido, em dois mil e quinze.

Família e Vida Pessoal

Hamilton possuía como empresário seu pai, com quem rompeu essa ligação no ano de dois mil e dez, o motivo era que o pai ficava com cinquenta por cento do que o filho ganhava, porém isso não extinguiu o relacionamento entre pai. Além do pai, Lewis permaneceu alguns anos casados com Nicole Scherzinger, a cantora do Pussycat Doll, ficaram juntos desde o ano de dois mil e sete até dois mil e quatorze, até então Hamilton não aparecia muito na mídia e tinha a vida mais reservada, após romper com essas pessoas começou a se destacar mais na mídia, declarou então “Hoje me sinto livre, nunca tive um ano tão feliz na minha vida (2015). E nunca pilotei tão bem como agora” isso em relação a pressão que sofria do pai e da ex mulher. Porém Lewis reconhece todo o esforço do pai e o apoio da ex mulher para seus sucesso em sua carreira.

A mãe, Carmen Larbalestier, é mais tímida e aparece muito pouco na mídia. Em uma de suas poucas aparições, numa entrevista, declarou que a obsessão do ex marido em querer dar uma carreira pro filho ainda tão jovem colaborou para a separação do casal, mas ela afirma que nunca impediu Anthony de se esforçar para a carreira do filho. Ela declarou também que por muito tempo tento engravidar, e que considera Lewis de máxima importância para ela, no primeiro ano do filho pela fórmula 1 ela acompanhou algumas corridas, em uma dessas corridas foi registrada a mãe e a madrasta torcendo por Lewis, e quando ele saiu do carro, ambas o abraçando.


Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Pilotos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *