Criador da Pop Art Andy Warhol

Nascido em 6 de agosto de 1928, em Pittsburgh, no estado americano da Pensilvânia, Andy Warhol foi um ilustrador de sucesso que se tornou um ícone dos movimentos de arte pop da década de 60. Ele morreu em 22 de fevereiro de 1987, em Nova York.

Saiba mais sobre a vida e a obra deste grande artista.

Infância de Andy Warhol

Filho de imigrantes eslovacos, seu pai, Ondrej Warhola, era trabalhava na construção civil, enquanto sua mãe, Julia Warhola, era bordadeira. Eles eram católicos bizantinos devotos e iam à igreja regularmente.

Quando tinha 8 anos de idade, Warhol contraiu a Doença de Huntington, que é rara e pode ser fatal. Por conta disso, ele ficou na cama por vários meses. Foi durante estes meses, enquanto que Warhol estava doente na cama, que sua mãe lhe deu as primeiras lições de desenho a fim de amenizar o sofrimento do filho doente.

O desenho logo se tornou o passatempo favorito da infância de Warhol. Ele também era um grande fã de fotografia, e quando tinha 9 anos de idade sua mãe lhe comprou uma câmera. Assim, a fotografia logo se tornou uma paixão e ele chegou até a montar um laboratório de revelação improvisado no porão de sua casa.

Na época em que estava na escola primária, teve aulas de arte gratuitas oferecidas no Instituto Carnegie (hoje Museu Carnegie de Arte) em Pittsburgh. Em 1942, com 14 anos, ele voltou a ter problemas em sua vida quando seu pai faleceu de um problema no fígado. Seu pai, antes de morrer, pode reconhecer o talento artístico do filho, e em seu testamento disse que as suas economias iriam para a educação universitária de Warhol. Em 1945, ele se matriculou no Instituto Carnegie de Tecnologia (hoje Universidade Carnegie Mellon) para estudar design.

Carreira Artística de Andy Warhol

Quando ele se formou na faculdade, com seu grau de Bacharel em Belas Artes, em 1949, Warhol se mudou para Nova York para seguir uma carreira como artista comercial. Foi também nessa época que ele decidiu retirar a letra “a” do final de seu sobrenome para se tornar Andy Warhol.

Ele conseguiu um emprego na revista Glamour em setembro, e se tornou um dos artistas de maior sucesso comercial da década de 50. Ele ganhou diversos prêmios por seu estilo inusitado e suas técnicas inovadoras.

No final dos anos 50, ele começou a dedicar mais atenção à pintura, e, em 1961, ele estreou o conceito de quadros “pop art” que centrava em peças comerciais produzidas em massa. Em 1962, ele exibiu as pinturas que se tornaram icônicas das latas de sopa Campbell. Esta pequena obra fez dele um grande sucesso que é lembrado até hoje.

Outras pinturas pop famosas de Warhol são representações de garrafas de Coca-Cola, aspiradores de pó e hambúrgueres. Ele também pintou retratos de celebridades em cores vivas e berrantes, as mais famosas incluem Marilyn Monroe, Elizabeth Taylor, Mick Jagger e Mao Zedong. Como esses retratos, ele ganhou fama e notoriedade e começou a receber centenas de encomendas para retratos de socialites e celebridades. Seu retrato “Eight Elvises” foi vendido por milhões de dólares em 2008, tornando-se uma das pinturas mais valiosas da história.

Em 1964, o artista abriu seu próprio estúdio de arte, um grande armazém pintado de cor prata conhecido simplesmente como “The Factory”. O local rapidamente se tornou um dos principais pontos culturais de Nova York e se tornou palco de cena de festas suntuosas com a participação das mais ricas socialites e celebridades da cidade, incluindo o músico Lou Reed, que prestou uma homenagem às prostitutas e travestis que conheceu lá com seu hit “Walk on the Wild Side”.

Em 1967, ele lançou um livro, chamado “Andy Warhol’s Index”, que consolidou ainda mais sua carreira. Em 1968, no entanto, sua carreira próspera quase acabou. Ele foi baleado por Valerie Solanis, uma escritora e feminista radical, e ficou gravemente ferido. Solanis havia aparecido em um dos filmes de Warhol e teria ficado chateada com ele por sua recusa em usar um script que ela havia escrito. Depois do ataque, Solanis foi presa e, mais tarde, se declarou culpada pelo crime. Warhol passou semanas em um hospital de Nova York se recuperando dos ferimentos.

Na década de 70, Warhol continuou a explorar outras formas de mídia. Ele publicou livros como “The Philosophy of Andy Warhol” e “Exposures”. Warhol também produziu mais de 60 filmes durante sua carreira. Alguns de seus filmes mais famosos incluem “Sleep”, que retrata o poeta John Giorno dormindo por seis horas, e “Eat”, que mostra um homem comendo um cogumelo por 45 minutos.

Warhol também trabalhou com esculturas e fotografia, e, na década de 80, ele foi trabalhar na televisão, com a Andy Warhol’s TV e o programa Andy Warhol’s Fifteen Minutes na MTV.

Morte e Legado de Andy Warhol

Ele morreu em 22 de fevereiro de 1987, quando tinha apenas 58 anos de idade. Sua vida pessoal tem sido o assunto de muito debate e consideração. Muitos acreditam que ele era gay. No entanto, antes de morrer, ele afirmou que permaneceu virgem por toda a sua vida.

A vida de Warhol era trabalhar simultaneamente satirizando e contemplando a materialidade e as celebridades. Por um lado, suas pinturas com imagens de marcas e rostos de celebridades podem ser interpretadas como uma crítica do que ele via como uma cultura obcecada por dinheiro e celebridades. Por outro lado, o foco de Warhol em bens de consumo e ícones da cultura pop, assim como o seu próprio gosto por dinheiro e fama, sugerem uma vida que contemplava todos os aspectos da cultura americana que o seu trabalho criticava.

Curiosidades Sobre Andy Warhol

Um católico devoto, Warhol assistia à missa todos os dias.

Warhol começou a pintar retratos de Elizabeth Taylor quando a atriz ficou doente durante as filmagens de Cleópatra e o artista acreditava que ela poderia morrer.

Devido à sua raridade, as telas em série de Marilyn pintadas por Warhol estão entre as mais cobiçadas do artista.

Nascido no dia 6 de agosto do ano de 1928 em Pittsburgh, Andrew Warhola, mais conhecido como Andy Warhol foi um pintor, empresário e cineasta norte-americano. Andy Warhol teve coreia, nos primeiros anos de estudo, uma doença do sistema nervoso que provoca movimentos involuntários, causa manchas na pele e que se acredita ser uma complicação da escarlatina.

Devido a isso ele desenvolveu um medo de médicos e hospitais, tornando-se um hipocondríaco. Por ficar muitas vezes de cama, tornou-se também um excluído entre os colegas da escola, assim tendo uma ligação muito maior com sua mãe. Conhecido como uma figura do movimento pop art nos Estados Unidos. Andy criou obras em cima de mitos, como os muitos outros artistas da Pop art. Algumas de suas obras são: Elvis Presley, Michael Jackson, Marlon Brando, Elizabeth, e a sua favorita, Marilyn Monroe. Também criou o objeto para consumo como as latas de sopa Campbell e as garrafas de Coca-Cola.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Pintores

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *