A Carreira de Marco Pigossi

Quem assistiu à novela Sangue Bom, exibida no horário das 19 horas pela Rede Globo, certamente deve ter se apaixonado pelo personagem Bento, vivido pelo ator Marco Pigossi.

O ator tem chamado muito a atenção em todos os seus trabalhos, por trazer grande emoção e verdade a seus personagens, arrancando elogios da crítica especializada e também do grande público. Então, para aquelas pessoas que não sabem muito sobre a vida e carreira do ator, mas são fãs de seu trabalho, vamos falar mais sobre Pigossi.

Biografia

O ator Marco Fábio Maldonado Pigossi  nasceu na cidade de São Paulo, no dia 01 de fevereiro de 1989.

Formação Acadêmica

Marco teve sua formação acadêmica concluída em comunicação social, e ainda com habilitação em Rádio e TV através da Universidade Anhembi Morumbi. Por ser um homem muito bonito, era tido como o galã do campus. 

Carreira

O ator iniciou sua carreira através do SBT, ainda no ano de 2003, tendo sido selecionado para fazer a versão brasileira do sucesso Rebelde Way. Em nosso país, a adaptação deveria receber o nome de “Os Rebeldes”. Pigossi interpretaria Paulo Roberto, entretanto, a versão não foi aprovada pelo Cris Morena Group e o programa acabou sendo deixado de lado no meio do caminho. Naquela época, o ator seria integrante da banda musical da novela e, por isso, já havia gravado três capítulos e algumas músicas, que ainda estão guardadas nos arquivos do SBT.

No ano seguinte, em 2004, Marco Pigossi se transferiu para sua atual emissora, a Rede Globo, e passou a integrar o elenco da minissérie Um Só Coração, na qual interpretou o revolucionário estudante Dráuzio Marcondes de Souza.

Alguns anos depois, em 2007, aconteceu a participação na novela Eterna Magia, na qual viveu o personagem Miguel Finnegan, e após, no mesmo ano, interpretou o adolescente Bruno através da minissérie Queridos Amigos e, após dois anos, em 2009, teve sua interpretação de maior sucesso na TV, na novela Caras & Bocas, vivendo personagem Cássio, que era homossexual e tinha o bordão “Fiquei Rosa Chiclete”, que caiu na boca do povo e virou um febre.

No ano de 2010, viveu um playboy na regravação da novela Ti Ti Ti, na qual interpretou Pedro Luís, que era o filho mais velho do estilista Jacques L’aclair, vivido por Alexandre Borges, que era o protagonista da trama. Agora em 2011, participou do elenco da novela Fina Estampa, interpretando Rafael, que formava um casal com a filha da protagonista.

Já em 2012, participou do remake Gabriela, no qual viveu o personagem Juvenal Leal. Sendo que sue último trabalho na TV foi através da novela Sangue Bom, onde interpretou o personagem Bento, um dos protagonistas da trama.

A Importância da Novela Sangue Bom na Vida do Ator

Quando a novela Sangue Bom estava prestes a estrear, ninguém podia imaginar o que estava por vir, nem mesmo um de seus protagonistas, Marcos Pigossi, já que ninguém sabe ao certo como será a aceitação do público frente a uma nova trama. O ator, logo nas apresentações da novela, se mostrou bastante ansioso com a nova fase e ainda assustado por ter de encarar sua primeira personagem protagonista.

Agora, que a novela já chegou ao fim, é possível medir o grande sucesso que a trama se tornou e o lindo galã tem em si a maravilhosa sensação de dever cumprido. Marco se mostrou muito feliz com o resultado e se surpreendeu com a grande identificação do público com seu personagem, Bento. Segundo Pigossi a trajetória de Bento foi essencialmente humana, no tocante a travar grandes conflitos, como as pessoas reais, também os têm. O ator sentiu que a interpretação do personagem Bento mudou sua vida.

Pigossi declara que Bento foi um presente em toda a sua carreira, para o qual emprestou todo seu talento, dedicação e ainda o que tinha de mais verdadeiro e sincero. O ator declarou em entrevista, que passou a ser mais romântico no cotidiano, e que decorava as falas do personagem cuidando de plantas, e ainda declarou que o assédio feminino aumentou grandemente depois da novela. 

Segundo Pigossi, todas as mulheres queriam ter um Bento em suas vidas, pois era um cara trabalhador, amoroso e acima de tudo humano, que se preocupava com o outro e tentava a todo o custo fazer também os outros felizes. Quem não queria de seu lado um homem que fizesse de tudo para ter a mulher amada a seu lado, da mesma forma que fez com a Amora, personagem de Sophie Charlotte.

Marco Pigossi acredita que o sucesso do personagem e da novela estiveram relacionados à aceitação do público e ainda mais com a identificação dos mesmos com os conflitos existentes na trama, especialmente àqueles relacionados a dúvidas quanto a seguir este ou aquele caminho. O ator diz, por Bento ser seu primeiro protagonista da carreira, nunca vai esquecê-lo e, lembrará de tudo com muito carinho, especialmente pela grande responsabilidade que lhe foi imposta, visto que a trama era conduzida através das atitudes voltadas para o personagem. 

Na mesma entrevista, Pigossi disse que emprestou a Bento tudo o que havia de melhor dentro de si, mas teve que acrescentar muitas outras coisas, pois o personagem era um ser diferente, uma alma iluminada que só havia vindo ao mundo para fazer o bem a todos. Além disso, Marco declarou ter aprendido muito com a interpretação do personagem, já que no mundo atual todos estão muito preocupados consigo próprios e se esquecem de prestar atenção no outro e em sua dor.

Depois de ter interpretado Bento, Marco Pigossi não consegue mais entrar em um ambiente que tenha flor e não se encantar por ela, não reparar na beleza, nos detalhes, na leveza que ela traz ao lugar e que ainda passou a enfeitar sua casa com plantas, tamanha foi sua empatia por elas, adquirida durante os meses de gravação da novela. As pessoas que vivem ao seu redor também passaram a ganhar mais flores, pois seu olhar quanto a isso também mudou, ou seja, tudo melhorou depois do Bento. 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Atores

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *