Quem é a Esposa de Maurício de Sousa? Qual Sua Idade?

Alice Keiki Takeda, é artista plástica e desenhista. Aos seus 70 anos de idade, ela é mais conhecida como Alice K, ou Alice Takeda. Nasceu em Osvaldo Cruz, São Paulo. Alice trabalha como diretora de arte da empresa Mauricio de Sousa Produções. Só nessa empresa, onde trabalha há muitos anos, mais de 40.

Alice e Mauricio de Sousa foram casados durante 23 anos. O casal reatou o casamento depois de ficarem separados por 7 anos. Quando realiza exposições de arte plástica, ela usa o nome artístico “Alice K”.

Alice Keiki Takeda

Alice Keiki Takeda

Ela é a responsável tanto pelas equipes de desenhistas, quanto de roteiristas, como também trabalhou, junto com Mauricio, como cocriadora dos mascotes que homenagearam o centenário da imigração japonesa no país. Ela também teve uma participação no álbum denominado “Ouro da Casa”, onde desenhou a grafite os dois personagens da Turma da Mônica: Chico Bento e Rosinha.

Alice ganhou, no ano de 2016, na categoria de “Grande Homenagem”, o Troféu HQ Mix.

Alice ficou bem dividida entre a sua própria arte e os trabalhos no estúdio do seu marido. Uma vez por semana, ela se dedica a produzir esculturas. Enquanto que durante o restante da semana, ela fica por conta da Turma da Mônica.

Pelo fato de conhecer mais sobre anatomia humana, a desenhista cuida de corrigir a arte final nos desenhos da produtora. Isso ajuda muito os profissionais que trabalham no local.

Vida Pessoal de Maurício de Sousa

Mauricio de Sousa nasceu em 1935, em Santa Isabel, filho de. Petronilha Araújo e Antônio Mauricio de Sousa. Ele cresceu cercado de arte, uma vez que o seu para barbeiro, compositor, poeta e pintos. Enquanto que sua mãe também era poetisa.

A casa em que viviam era repleta de livros. Com isso, Maurício viveu em um ambiente cheio de cultura e arte. Frequentemente os seus pais recebiam em sua casa reuniões de artistas, saraus e também roda de chorinho.

A mãe de Mauricio era muito exigente, e queria muito que ele se tornasse um cantor mirim. Porém, como o menino era muito tímido, não conseguiu seguir carreira.

Os pais de Maurício se mudaram de Santa Isabel poucos meses após o seu nascimento. Eles foram morar em Mogi das Cruzes. Quando já estava crescido, Mauricio começou a trabalhar fazendo ilustrações e cartazes para jornais e rádios.

Na ocasião, ele disse ao seu pai que gostaria de viver trabalhando como desenhista. Foi então que seu pai lhe disse para desenhar de manhã, e administrar na parte da tarde.

O primeiro casamento de Maurício de Sousa foi com Marilene Sousa, com quem teve 4 filhos: Mônica, Mariângela, Maurício Spada e Magali. Eles ficaram casados por 12 anos. No dia 7 de fevereiro de 2011, Marilene faleceu.

Maurício teve Sousa, Valéria Signorelli e Wanda de um novo relacionamento com Vera Lúcia. No entanto, no dia 7 de dezembro de 1971, Vera Lúcia faleceu vítima de um acidente de carro que sofreu 2 dias antes, na Via Dutra.

Maurício se casou novamente. Dessa vez, a escolhida foi Alice Keiki Takeda, com quem teve Mauro, Marina e Maurício Takeda de Sousa. Ele teve mais um filho, Marcelo de Sousa, que é fruto de um relacionamento, que Maurício teve enquanto esteve separado de Alice.

Filhos de Maurício de Sousa

Filhos de Maurício de Sousa

No dia  de março, do ano de 2008, Marcelo, o filho caçula de Mauricio, junto com Marinalva Pereira dos Santos, sua mãe, e também o outro filho de Marinalva, Vitor Hugo, que estava apenas com 2 anos de idade na época, foram sequestrados em uma residência situada em São José dos Campos, na zona rural.

O sequestro foi realizado por uma quadrilha, que levou os reféns para o litoral paulista, em São Sebastião. A polícia civil conseguiu libertá-los no dia 06 de abril.

No dia 02 de maio, do ano de 2016, Maurício Spada, filho de Maurício, morreu em casa, após sofrer um ataque cardíaco.

Mauricio de Sousa é pai de 10 filhos ao todo. Ele criou vários personagens inspirados em amigos da infância, e também em seu próprios filhos, como é o caso da Mônica, da Magali, da Maria Cebolinha, Marina, Do Contra, Nimbus, Dr Spada, Valéria, Vanda, Marcelinha, Franjinha e Titi.

Fama dos Quadrinhos de Maurício de Sousa

Os quadrinhos do cartunista Mauricio de Sousa são conhecidos internacionalmente. Já foram, inclusive, adaptados para a televisão, para o cinema e até para vídeo-games. Além disso, eles também foram licenciados para serem comercializados, por meio de vários tipos de produtos diferentes, todos com a marca dos personagens dos quadrinhos.

No Shopping Eldorado, localizado em São Paulo, há ainda o Parque da Mônica, um parque temático, que foi aberto no dia 25 de janeiro de 93. E que foi fechado em 2010, no mês de fevereiro.

Porém, em 2015, ele foi reaberto no Shopping Market, que é até maior do que o shopping anterior, onde havia o Parque da Xuxa instalado.

Além disso, em Curitiba, também existiu o Parque da Mônica, que foi aberto no ano de 1998, mas fechou em 2000. E também o do Rio de Janeiro, que foi fechado no começo de 2005. Está previsto para ser aberto em Gramado, no segundo semestre de 2020, mais um Parque da Mônica.

Homenagens a Maurício de Sousa

No ano de 2007, Maurício de Sousa recebeu uma homenagem da escola de samba chamada Unidos do Peruche. Além disso, ele também recebeu a comenda, do governo do Estado de São Paulo, da Ordem da Ipiranga.

Personagens Criados Por Mauricio de Sousa

Confira abaixo uma relação com os personagens criados por Maurício de Sousa, que ficaram famosos no mundo todo:

  • Turma da Mônica
  • Turma da Tina
  • Turma da Mata
  • Horácio
  • Ronaldinho Gaucho
  • Nico Demo
  • Turma do Bidu
  • Astronauta
  • Turma do Peteleco
  • Turma do Dieguito
  • Papa Capim
  • Turma do Chico Bento
  • Turma do Penadinho
  • Turma do Cebola Jovem
  • Turma da Mônica Jovem
  • Turma do Pelezinho

Prêmios, Homenagens e Títulos de Mauricio de Sousa

  • 1971 – Itália: Prêmio Gran Guinigi (revista Mônica)
  • 1971 – Itália: Troféu Yellow Kid (esse prêmio é considerado como o Oscar dos Quadrinhos no mundo inteiro
  • 1999 – Brasil: Prêmio de Literatura Infantil da ABL
  • 2001 – Pittsburgh – Doutor Honoris Causa da Universidade La Roche
  • 2004 – Washington, DC: Medalha do Vaticano
  • 2007 – São Paulo: Homenagem da Escola de Samba Unidos do Peruche
  • 2008 – França: Medalha de Vermeil

• 2011 – Itália: Prêmio Pulcinella –  conjunto da obra

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Notícias

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *