Autistas Famosos

O Que é Autismo?

O autismo é uma doença caracterizada por ser uma disfunção global do desenvolvimento e que afeta especialmente a capacidade do indivíduo de se comunicar e se socializar, ou seja, estabelecer relacionamentos. Uma pessoa com autismo pode não responder de maneira apropriada ao ambiente em que se encontra.

O grupo de síndromes de que o autismo faz parte recebe o nome de transtorno global do desenvolvimento (TGD). Recentemente a doença passou a fazer parte do Transtorno do Espectro Autista (TEA) que inclui a Síndrome de Asperger e o Transtorno Global do Desenvolvimento Sem Outra Especificação.

Autismo Nem Sempre Limita

Temos a ideia de que uma criança que é autista tem a sua vida limitada para sempre, mas muitas pessoas que tem esse transtorno tem a sua fala e inteligência desenvolvidos sem problemas. Em grande parte dos casos as pessoas que tem esse transtorno são fechadas e distantes ou presas a regras muito rígidas. A medicina atual já pode detectar o autismo em crianças a partir de dois anos de idade.

Adultos que tem autismo podem ter carreiras profissionais de grande sucesso, obviamente algumas pessoas sofrem com os problemas de socialização e comunicação que o transtorno implica. Mesmo depois de se tornarem adultos os autistas precisam se encorajamento e apoio para prosseguir em suas vidas.

Famosos Que São Autistas

Como dissemos acima é possível que adultos com autismo tenham carreiras brilhantes e alguns seguem carreiras no cinema, música, arte e em muitos casos nas ciências exatas. Na história existem muitos exemplos de pessoas que mesmo com o autismo conseguiram ter grandes realizações em suas vidas. Saiba mais sobre esses famosos que podem ser exemplos para pais que tem filhos autistas.

Bill Gates – Criador da Microsoft

Bill Gates é um dos principais nomes da informática e grande parte dos sistemas que utilizamos hoje são derivados do seu trabalho. Nascido em Seattle, EUA, no ano de 1955 e é autista, dentre os fatores que poderiam ter complicado a sua trajetória profissional está o fato de que ele costuma se balançar constantemente para frente e para trás em reuniões de negócios e até em aviões (comportamento comum em autistas quando estão nervosos) além de não gostar de manter contato nos olhos. Com pouca habilidade social Gates já foi mal visto no mundo corporativo e não dá muita importância para a sua aparência.

Albert Einstein – Físico e Matemático

O Albert Einstein nunca foi diagnosticado em vida com autismo, porém, relatos de comportamentos dele bem como coisas que ele mesmo dizia de si faz com que especialistas acreditem que o físico tivesse uma forma de autismo de alto funcionamento.

Como Einstein faleceu há bastante tempo não existe a possibilidade de confirmar essa hipótese. Essa teoria se tornou popular devido ao fato de que ele era muito solitário e não tinha uma ligação forte com ninguém, nem mesmo pessoas de sua família. Uma história bastante popular é que apesar de ser um gênio da matemática Einstein apenas começou a falar a partir dos dois ou três anos de idade.

Quando estava trabalhando o físico ficava tão compenetrado que era comum esquecer de fazer as refeições. Mesmo que não houvesse um único ouvinte em suas palestras ele as ministrava da mesma maneira. Mas, lembramos que é uma hipótese que Albert Einstein tenha sido autista, não existem comprovações.

Daryl Hannah – Atriz

Mesmo diagnosticada no “limite do autismo” com menos de 3 anos de idade, a atriz Daryl Hannah, teve uma carreira de sucesso no cinema. Dentre os principais trabalhos da atriz norte-americana estão os filmes Splash além da franquia Kill Bill.

Andy Kaufman – Ator

Andy Kaufman também não teve um diagnóstico de autismo feito em vida, ele faleceu em 1984, porém, o seu humor estranho faz com que muitos acreditem que ele tinha o transtorno.

Andy Warhol – Artista

Andy Warhol é uma das personalidades que se acredita que seja autista já que possui traços de personalidade que lhe oferecem um toque de excentricidade.

Courtney Love – Cantora e Atriz

A polêmica Courtney Love foi diagnosticada com autismo leve com apenas três anos de idade. Mesmo com a sua inconstância Love conseguiu algum sucesso com a sua banda Hole.

Isaac Newton – Matemático

Outro gênio das ciências exatas que compõem essa lista, Isaac Newton viveu muito antes que se pudesse fazer diagnósticos de autismo e por isso mesmo a sua condição como tal se deve muito mais a relatos sobre sua vida e comportamentos do que qualquer outra coisa.

Lionel Messi – Jogador de Futebol

O comportamento e a maneira fria com que trata as pessoas a sua volta fazem com que o jogador argentino considerado melhor do mundo várias vezes, Lionel Messi, seja constantemente julgado. Porém, existe uma explicação para essa forma de agir, o argentino é autista.

O diagnóstico foi feito quando ele tinha 8 anos de idade e ainda morava na Argentina. Messi foi diagnosticado com Síndrome de Asperger que é uma forma mais leve de autismo, mas essa particularidade é pouco divulgada como uma forma de proteger o craque. Entretanto apenas observando o comportamento do jogador é possível perceber que ele realmente tem a síndrome.

Uma curiosidade é que essa síndrome é conhecida por ser uma verdadeira fábrica de gênios e tem como principais características dificuldades para se socializar e habilidade para atos motores repetitivos. Pessoas que tem essa síndrome buscam sempre adotar um padrão e repeti-lo sempre, como no caso das jogadas do argentino.

O jogador sempre se mostra incomodado e com olhar perdido em eventos e entrevistas coletivas o que mostra que ele quer jogar futebol, mas não a badalação haja vista sua dificuldade de socialização.

James Durbin – Cantor

O cantor James Durbin, assim como Messi, foi diagnosticado com síndrome de Asperger, mas não desistiu de seu sonho de cantar e conquistou o quarto lugar na competição musical American Idol em 2011.

Heather Kuzmich – Estilista

Quando participou do reality show de estilistas America’s Next Top Model, Heather Kuzmich, se tornou bastante conhecida por revelar que tinha Síndrome de Asperger e TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade). A estilista ficou em quarto lugar na competição e depois do programa assinou um contrato agência de modelos Elite Model e estampou a capa da revista Spectrum que fala sobre autismo.

 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Notícias

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *