Sebastian Stahl e Barbara Stahl

A história de vida do piloto Sebastian Stahl e de sua mãe, Barbara Stahl, renderia um bom enredo de novela das 21h com direito a várias reviravoltas. Filho de Harold Stahl, Sebastian ou ‘Basti’ nascido no dia 20 de setembro de 1978, frequentava um kartódromo de Kerpen, na Alemanha, desde criança. Ganhou seu primeiro kart com apenas 9 anos de idade, em 1988.

Nessa época o zelador do kartódromo era ninguém menos que Rolf Schumacher, o pai de Michael e Ralf Schumacher, dois adolescentes apaixonados por velocidade. Um dos orgulhos de Rolf era desafiar os jovens que frequentavam o kartódromo para correr contra seus filhos imbatíveis. A relação entre os dois filhos Schumacher e Sebastian Stahl era muito boa sendo que nos anos de 1992 e 1993 ele recebeu um prêmio de campeão das mãos de Michael e foi incentivado por Ralf a entrar para a Fórmula König (categoria-escola de monopostos). Porém, foi aí que surgiu a primeira reviravolta.

Acontecimentos Marcantes

O ano de 1996 não foi muito bom para Stahl na König e depois de três corridas acabou sendo eliminado por ter um carro com irregularidades. Contudo, as situações mais difíceis viriam mesmo em 1997 quando viu a empresa do seu pai, Harold, ir a falência pelo fato dele não estar mais correndo e descobrir – através de matérias de jornal – que sua mãe, Barbara Stahl mantinha um romance extraconjugal com o também casado Rolf Schumacher.

O escândalo da infidelidade ganhou destaque pelo fato dos irmãos Schumacher já serem relativamente conhecidos no meio automobilístico. Harold e Barbara Stahl se divorciaram, o mesmo aconteceu com Rolf e Elizabeth Schumacher. Não demorou para que Barbara e Rolf tomassem a decisão de morar juntos.

Mais Um Filho

Embora o casal tenha se formado a partir de um romance extraconjugal e tenha gerado um grande escândalo na época, Rolf, se sentiu a vontade para ver em Sebastian mais um filho. Os dois filhos de Rolf já tinham em Basti um irmão postiço e essa relação apenas se intensificou a partir do momento que o relacionamento do pai não foi mais motivo de sofrimento para a sua mãe.

Os irmãos postiços de Sebastian, juntamente com o padrasto, levantaram US$ 30 mil para que o piloto pudesse ser inscrito na Copa Volkswagen New Beetle, um campeonato alemão em que os competidores pilotam novos modelos do icônico Fusca. Sua estreia se deu no mês de julho em Nurburgring como novo do grid e oitavo no final da corrida.

A Carreira

Já em 2002 o piloto estreou na German Alfa 147 Cup que consiste na primeira competição alemã com motores a diesel e ficou em segundo lugar, atrás somente de Markus Lungstrass. No ano seguinte ele se manteve nessa competição por algumas corridas e no final da temporada ficou com o 14° lugar. Foi um bom ano, pois ele também participou do Campeonato Europeu de Carros de Turismo (ETCC) pela Autodelta.

Os dois anos seguintes, Stahl, disputou a Leon Supercopa sendo que em 2004 garantiu o título do campeonato tendo conquistado quatro vitórias. O ano de 2005 não foi tão proveitoso haja vista que ele não venceu e terminou a temporada em 13° lugar. O piloto ainda completou uma corrida na Porsche Supercup e também na GT1 do FIA GT Championship .

Nos invernos de 2005 e 2006 ele disputou a corrida de Xangai sob a supervisão de Willi Weber no A1 Grand Prix. Os anos de 2007 e 2008 foram marcados por provas individuais no Mini Challenge alemão sendo que em 2007 também disputou a série ADAC Procar. Participou da corrida de 24 horas de Nürburgring ficando em 16° lugar.

Pausa das Corridas

Nos anos de 2009 e 2010, Sebastian Stahl, não participou de nenhuma série de corridas tendo trabalhado como piloto e instrutor de testes. No ano de 2011 foi a vez de conduzir para a Brixia Horse Power Team no Eurocup Mégane Trophy. No ano de 2012 disputou a corrida de 24 horas Nürburgring.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Pilotos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *