Graham Hill e Bette Hill

Embora a Fórmula 1 seja uma modalidade competitiva dominada por homens é o nome de uma mulher que é constantemente lembrado quando o assunto é força e determinação, estamos falando sobre a ‘primeira-dama’ do esporte Bette Hill. A esposa de Graham Hill e mãe de Damon Hill, ambos campeões da modalidade foi uma companheira exemplar tanto para seu marido quanto para as esposas de outros pilotos do grid numa época em que más notícias das pistas tinham frequência semanal.

Foi de personalidade presente em festas badaladas para mãe lutadora que precisa sustentar três filhos em pouco tempo quando Graham faleceu. Mesmo em meio a dificuldades não desvaneceu e fez seu nome ficar gravado na história de um dos esportes que mais mexem com a emoção dos apaixonados por automobilismo.

Esposa e Mãe de Campeões Mundiais

Historicamente, Bette Hill, é a única esposa e mãe de campeões mundiais de Fórmula 1. Vale dizer que ela nunca foi decorativa em nenhuma das funções, defensora ferrenha do grande amor da sua vida e do seu filho nunca deixou que falassem mal de nenhum deles sem responder, embora fosse uma pessoa bastante educada e elegante. O marido, Graham Hill, conquistou seu título mundial no ano de 1962 pela BRM e seu filho, Damon Hill, repetiu o feito no ano de 1996 pela Williams.

Bette Hill 1926 - 2017

Bette Hill 1926 – 2017

O casamento aconteceu no ano de 1955, o casal Hill teve três filhos: Damon, Brigitte e Samantha. Graham se orgulhava de como tinha deixado tudo preparado para que a família tivesse uma vida próspera caso algo lhe acontecesse nas pistas, afinal era uma época em que ambulâncias eram vistas constantemente nos autódromos. Em 1975, Graham, estava planejando se aposentar em grande estilo deixando um sucessor, o jovem de 23 anos, Tony Brise a quem ensinou tudo o que podia. Parecia que nada daria errado, mas deu…

A Virada na Vida de Bette Hill

A chamada ‘primeira-dama’ da Fórmula 1 viu toda a alegria e colorido de sua vida desaparecer no dia 29 de novembro de 1975, quando o Piper Aztec do piloto britânico caiu em Arkley Golf Course na região norte de Londres cortando a densa neblina. Os seis ocupantes da aeronave faleceram, além de Hill estavam fazendo a viagem de retorno de uma sessão de testes na França o jovem aprendiz Tony Brise, o gerente de equipe Ray Brimble, o designer Andy Smallman e os mecânicos Terry Richards e Tony Alcock.

Devastada pela dor da perda do marido, Bette Hill, teve forças para comparecer a cinco dos seis funerais. Ela somente não compareceu ao funeral de Terry Richards que aconteceu simultaneamente ao de Graham. O momento já era terrível, pois Bette havia perdido o pai de seus filhos e alguns dos amigos mais próximos de uma só vez, porém, isso não foi tudo.

Devido a problemas com o licenciamento da aeronave o seguro foi invalidado e as outras cinco famílias se viram obrigados a recorrer judicialmente contra Hill. Além do companheiro a primeira-dama da Fórmula 1 perdeu também praticamente todo o dinheiro que ele havia deixado.

Sobreviver é Uma Arte

Quando alguém perguntava a Bette Hill como ela havia conseguido superar todas essas dificuldades criando os três filhos ela respondia que não sabia, que havia feito porque precisou fazer tanto pelas crianças quanto pela memória de seu amado Graham Hill. Após ter assistido a corridas do marido nos anos 1950, 1960 e 1970 ela retornou aos Grand Prix na década de 1990 para acompanhar o filho, Damon Hill.

A carreira de Damon teve algumas polêmicas como sua rixa com Michael Schumacher que teria batido deliberadamente no carro do primeiro para se sagrar campeão em Adelaide, em 1994. A primeira-dama da F1 dizia que se não fosse para ganhar com honra era melhor não ganhar nada, algo que ensinou ao marido e ao filho.

A diferença entre o pai e o filho Hill era que o primeiro detestava discussões que ele chamava de vulgares enquanto que o segundo gostava de mostrar que estava atento a tudo o que acontecia. Bette sempre se lembrava de que na época de Graham atuava como sua ‘espiã’ nos boxes, vestindo suas belas roupas ficava atenta para saber se o marido era preterido pelo companheiro de escuderia.

Graham Hill

O piloto nasceu no dia 15 de fevereiro de 1929 no Reino Unido e faleceu no dia 29 de novembro de 1975 também no Reino Unido.

Bette Hill

Nascida no dia 12 de junho de 1926 nos Estados Unidos e falecida no dia 08 de dezembro de 2017.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Pilotos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *