Michael Schumacher e Corinna Betsch

Michael Schumacher é conhecido por ter sido um dos maiores pilotos de fórmula 1 da história do esporte. Ele nasceu na cidade de Hurth-Hermulheim, que fica na Alemanha, durante o ano de 1969, no dia 3 de janeiro. Schumacher ficou muito  famoso devido  os seus feitos no esporte automobilístico. Ele participou de várias temporadas e guarda feitos históricos para o esporte. Na fórmula 1 participou das temporadas de 1991 – 2006 e de 2010 – 2012.

Alguns de seus feitos serão contados aqui, como por exemplo o número de GPS participados foi de 308 com 306 largadas, Títulos foram sete, começando em 1994, 1995, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004. Ele possui 91 grandes e extraordinárias vitórias com 155 pódios, somados, todos os seus pontos contabilizam 1556 com a marca de 68 pole positions. Seu primeiro Grande Premio foi na Bélgica em 1991 e seu último GP foi em 2012 no Brasil. Em relação a sua vida pessoal, ele já foi casado com Corinna Bretsch, a qual passa a se chamar Corinna Schumacher. Corinna nasceu em 2 de março de 1969, e ela se casaou com Michael em agosto de 1995 na Alemanha.

Corinna foi durante boa parte de sua vida amazona na Alemanha, em 2010 ela ganhou o campeonato Europeu de Montaria, no estilo ocidental de montaria. Também ela guarda alguns feitos, como por exemplo, ser uma ávida defensora dos animais, seus direitos e ativista também. Em 1997 ela teve uma filha, chamada de Gina-Maria que também seguiu os passos da mãe e virou amazona profissional. Em 1999 teve um filho, que foi chamado Mick, e esse decidiu seguir os passos do pai e hoje compete nas corridas automobilísticas.

Michael Schumacher sofreu um acidente de esqui no dia 29 de dezembro de 2013. Foi um acidente muito grave que comprometeu sua vida. Estava esquiando na estação Meribel, na França, quando sofreu o acidente batendo sua cabeça em uma rocha, mesmo de capacete, não foi possível protege-lo do impacto, o qual foi muito forte e o deixou em coma. Ele foi atendido e prontamente levado ao hospital de helicóptero, 15 minutos depois já estava em Moutiers e depois foi levado para um centro especializado de referência, em Grenoble, o Centro Hospitalar Universitário de Grenoble, onde é o local especializado em traumas cranianos e lesões cerebrais. Michael Schumacher sofreu um traumatismo craniano grave, onde possivelmente deixou sequelas e o incapacitou de ficar acordado, necessitou de uma intervenção cirúrgica de urgência.

Em 2014 surgiu a primeira notícia. Michael Schumacher saiu do coma segundo sua assessora de imprensa, em junho de 2014. Assim, o ex-piloto foi levado para um centro de reabilitação, o Hospital Universitário de Vaud, em Lausanne, na Suíça. Após esse período de reabilitação, já em setembro ele saiu do hospital suíço e foi levado para casa para continuar sua recuperação e reabilitação. A última notícia relacionada ao estado de saúde de Michael Schumacher foi de que os médicos estavam testando um novo procedimento recuperativo, um novo tipo de tratamento, o qual o ex-piloto estava conseguindo reagir bem. Corinna foi sua maior parceira de hospital, ela sempre esteve com ele para melhor recuperação e também é a responsável por deixar em segredo a parte pessoal do ex-piloto.


Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Pilotos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *